A SUA EMPRESA NÃO ESTÁ GANHANDO O SUFICIENTE? VEJA COMO MELHORAR!

Não se trata apenas de dinheiro. Os empreendedores são movidos por ideias nas quais acreditam que muitas vezes desistem de empregos estáveis, horas de sono e qualquer sensação de segurança. Porém, no entanto, a maioria está lutando por alguma recompensa financeira (ou pelo menos estabilidade).

Mas o que acontece quando, ao invés de fazer sucesso, você mal consegue sobreviver? O que acontece quando todos os dias é uma luta e a ideia de olhar seus relatórios financeiros te frustra?

Uma reclamação comum dos empresários é que eles não sentem que seus negócios estão ganhando dinheiro suficiente. Na verdade, parece que ninguém sente que está ganhando dinheiro suficiente, mesmo que, estatisticamente, esteja ganhando muito. 

Qual é a raiz disso? Pode ser muitas coisas diferentes. Dê uma olhada nestas cinco fontes comuns de problemas financeiros a seguir e vamos começar a corrigi-los!

Razão nº 1: Sua estratégia de preços está errada
Solução: Faça a engenharia reversa de seus preços

Como você definiu os preços que cobra pelo seu produto ou serviço? Muitos empresários cometem o erro de basear os preços apenas naquilo que os concorrentes estão cobrando ou no que eles “acham” ser justo. Essa é uma abordagem falha porque sua precificação precisa levar em consideração o que é necessário para tornar seu negócio lucrativo.

Para fazer isso, você precisa saber quais são as despesas da sua empresa, qual é o seu passivo fiscal, qualquer dívida que sua empresa deve e quanto você, como fundador, deseja levar para casa como seu salário.

Isso requer um pouco de matemática, mas não deixe que isso o desencoraje! O motivo pelo qual seu preço está errado é devido à matemática ruim!

Você pode usar esta fórmula básica para ter uma ideia de qual deve ser sua meta de receita anual:

(Despesas de negócios + salário desejado) / (Porcentagem de passivo fiscal expressa como decimal) = receita bruta mínima

Despesas comerciais são como assinaturas de software, pagamentos de empreiteiros, folhas de pagamento de funcionários, pagamentos de juros de empréstimos.

O salário desejado é o valor que você quer tirar do seu negócio para o seu pagamento. Mas, saiba que é comum que os fundadores não paguem a si próprios um salário no início.

Isso é apenas o mínimo que você precisa fazer para equilibrar os lucros em seu negócio e poder pagar a si mesmo o salário que deseja. Todavia, é um excelente ponto de partida para determinar como definir o preço de seus produtos ou serviços visando a lucratividade.

Razão n° 2: Seu produto não é viável para o mercado
Solução: Procure um produto pivô

Isso pode ser um problema de duas vertentes: ou seu produto não é viável porque é muito caro (nesse caso, você precisará rever sua estratégia de preços) ou não é viável porque ninguém quer comprá-lo.

Se sua empresa não está tendo lucro, independentemente de como você estrutura os preços, e/ou se você é capaz de validar uma ideia de negócio melhor, sua melhor opção (além de encerrar seu negócio atual) é pivotar.

Algumas das empresas mais famosas e bem-sucedidas da atualidade se basearam em suas ideias originais de negócios: YouTube, Twitter e Instagram, para citar alguns. Holly Liu, cofundadora da Kabam, mudou de negócio três vezes antes de vender a empresa de jogos por cerca de US $800 milhões.

Se você apostar em seu público-alvo e descobrir que o seu negócio não é lucrativo, pois ele não está comprando o seus produtos, inverta-o e crie um produto para ele.

Razão n° 3: Sua empresa não está atraindo o tipo certo de cliente
Solução: Defina seu cliente ideal

Você tem um ótimo produto, mas não está fazendo muitas vendas? Você é incrível no que faz, mas não consegue que os clientes em potencial se convertam em clientes pagos? Você está recebendo feedbacks de clientes insatisfeitos?

Você, meu amigo, pode não estar atraindo as pessoas certas para o seu negócio.

Se você está lutando para descobrir quem é o seu cliente ideal, este é o meu exercício favorito: observe os clientes atuais ou os clientes que amam seu produto ou serviço. Uma forma de encontrá-los é ver quem elogia o seu negócio nas redes sociais. Faça uma pesquisa rápida no Twitter de pessoas que mencionaram seu nome comercial.

Quem te mandou e-mails agradecendo pelo que você faz? Pesquise na sua caixa de entrada. Esses são seus clientes ideais. Saiba mais sobre eles. Conduza entrevistas com clientes. Você aprenderá mais sobre por que as pessoas escolhem a sua empresa, o que as deixa felizes com o seu produto e como você pode aprimorá-lo para melhor atendê-las.

Razão n° 4: Você não tem ideia de quanto está ganhando porque não está acompanhando
Solução: Analise o seu fluxo de caixa e resultados toda segunda-feira

O que é medido, é gerenciado. Se você não tem ideia de qual é o fluxo de caixa ou a receita de sua empresa, nunca terá um bom controle das finanças de seu negócio.

Observe que o fluxo de caixa e o lucro não são iguais: o fluxo de caixa mostra o dinheiro que entra e sai de sua empresa a cada mês, enquanto o lucro inclui a receita obtida, mas não necessariamente recebida naquele mês.

Não há dúvidas de que a lucratividade é importante para determinar se o seu negócio é sustentável a longo prazo, mas o fluxo de caixa positivo é o que o mantém funcionando no dia a dia.

Você deve saber tanto seu fluxo de caixa quanto sua receita, pois você deseja saber se poderá pagar as contas e os seus funcionários neste mês (demonstração de fluxo de caixa), mas também precisa saber se o seu negócio é sustentável a longo prazo (demonstração de resultados).

Peça ao seu contador para criar uma demonstração de fluxo de caixa e uma demonstração de resultados (também conhecida como demonstração de lucros e perdas) para que você possa obter relatórios facilmente.

Razão n° 5: Você tem uma má relação com o dinheiro
Solução: Reformule a maneira de lidar com o dinheiro

Deixe-me perguntar uma coisa: se você tivesse R $5 milhões, sentiria que está ganhando dinheiro suficiente? Em 2013, o banco de investimento UBS entrevistou 4.450 investidores americanos e, daqueles com US $1 milhão a US $5 milhões em ativos investíveis, apenas 28% se consideravam ricos. 

É um equívoco pensar que existe um determinado marco no qual sentiremos que estamos ganhando dinheiro suficiente e todos os nossos medos irão desaparecer.

Os pesquisadores estudaram os super-ricos (a maioria dos entrevistados tinha ativos superiores a US $25 milhões) e descobriram que com essa riqueza tinham sentimentos de isolamento e medos sobre como ser rico afetaria os seus filhos. E veja só, a maioria relatou que não se considerava financeiramente seguro.

Então, se o seu preço está certo, seu produto é viável, você está atraindo seus clientes ideais e seu negócio é lucrativo e tem fluxo de caixa positivo, mas você ainda sente que seu negócio não está ganhando dinheiro suficiente, pode ser porque o seu relacionamento com o dinheiro seja ruim.

Os gurus das finanças chamam isso de “mentalidade do dinheiro” ou, simplesmente, a maneira como você pensa sobre o dinheiro. Se você teme constantemente não estar ganhando o suficiente ou se preocupa constantemente em perder dinheiro, nunca sentirá que seu negócio está ganhando o suficiente mesmo que se torne milionário.

Você pode dar a volta!

Depois de tudo dito e feito, espero que você perceba que, se acha que seu negócio não está ganhando dinheiro suficiente, você não está sozinho. Mesmo alguns multimilionários não se sentem ricos. 

Você já encontrou algum obstáculo financeiro em sua empresa?

Se você gostou desse artigo, deixe um comentário abaixo!

Um forte abraço.

José Paulo!

*José Paulo Pereira Silva é Ceo do Grupo Ideal Trends, é casado, pai de três filhos e está nas mídias sociais como @josepaulogit, onde compartilha experiências de vida e modelos de gestão. José Paulo já treinou milhares de pessoas no Brasil e no mundo. Dá dicas sobre leituras, inspiração, negócios, estratégias, marketing, vendas e outros conteúdos relevantes para quem quer se tornar referência no mercado onde atua.

Deseja receber a MELHOR orientação Pessoal ou Profissional GRATUITAMENTE?

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

José Paulo Pereira

José Paulo Pereira

José Paulo Pereira Silva, CEO do Grupo Ideal Trends, é um dos maiores empresários no ramo da tecnologia na América Latina. Empreendedor serial e mentor de negócios, José Paulo já formou mais de uma centena de líderes, deu oportunidade a mais de uma dezena de sócios e, por meio de seus direcionamentos, transforma diariamente pessoas simples e dedicadas em empresários de grandes resultados.
advanced divider
Quer transformar sua vida e negócio?

    advanced divider