AUTOAJUDA EMOCIONAL: O QUE É ISSO?

A vida acontece, e suas emoções são a expressão do que está acontecendo com você. Ao longo de sua vida, você experimentará inúmeros sentimentos. Muitas emoções serão familiares — aquelas que ocorrem regularmente e refletem os eventos de sua vida diária. Algumas serão menos familiares, porque os eventos que essas emoções expressam serão cada vez mais distantes, como perda profunda, tragédia e morte.

Dominar suas emoções não é apenas sua responsabilidade pessoal, mas também é uma estratégia positiva para enfrentar a vida da melhor maneira possível. Quando você tem uma atitude saudável sobre seus sentimentos e sabe como expressá-los, você está bem equipado para passar por eventos, em vez de se sentir incapaz de lidar com a situação.

Suas emoções devem ajudá-lo a entender o que está acontecendo. Seu domínio da emoção pode levar tempo para se desenvolver, mas uma vez adquirido, você não se sentirá mais perdido na emoção do momento. Em vez disso, você será capaz de ver sua resposta emocional como uma maneira de entender o que está acontecendo e superar seus sentimentos imediatos, a fim de agir adequadamente para essa situação específica.

Muitas vezes, as pessoas reagem impulsivamente a uma situação sem pensar muito sobre isso. Eles dirão que é assim que se sentem, mas muitas vezes é uma resposta habitual. Em vez de reagir com emoção fora de controle, o que muitas vezes leva a uma escalada de resposta emocional. Isso não seria muito melhor para obter uma compreensão do que suas emoções significam e como usá-las para atendê-lo melhor?

1. Conheça suas emoções

Quais são suas experiências passadas? Saiba o que desencadeia cada uma delas. Entenda quais eventos, especialmente de que forma as pessoas, estão associadas a cada uma. Você entende por que você responde emocionalmente do jeito que você faz? Você está satisfeito que sua resposta emocional é apropriada e então reflete o que você realmente sente? Ou, sua resposta emocional parece desconfortável — por exemplo, super reativa (ou não reativa o suficiente para a situação)? Você se sente frustrado por não poder se expressar adequadamente?

Conhecer suas emoções deve ajudá-lo a julgar como se comportar quando uma situação surge. Cada novo evento ou interação você estará melhor equipado para administrar. Cada vez que uma emoção específica é expressa lhe dá outra oportunidade de observar a si mesmo e em seguida, responder de uma maneira que parece certa (ou pelo menos melhor) para você.

2. Manter limites saudáveis é uma ótima forma de autoajuda emocional

Como você mantém sua própria integridade emocional? Como você impede as emoções dos outros de invadir seu espaço? Você é capaz de reconhecer quando as emoções dos outros “se tornam” suas, ou pelo menos quando outros estão tentando fazer você se “sentir” do jeito que eles querem que você se sinta? Você tem estratégias para se proteger de invasão emocional?

Pense em um limite como um espaço saudável ao seu redor. Você decide o tamanho deste espaço para você se sentir confortável. Pode ser um espaço real, medido como distância física, ou um espaço psicológico/emocional imaginário. Quando você mantém com sucesso limites emocionais saudáveis, você está cuidando de si mesmo em primeiro lugar. Uma vez que você tenha feito isso, você pode realmente lidar com uma situação ou pessoa de maneira mais eficaz, já que você sabe o que você pode e vai fazer, bem como o que você não permitirá que aconteça emocionalmente.

3. Cultive seu próprio bem-estar em todos os níveis para realizar autoajuda emocional

Pratique o autocuidado sempre que possível. Os cuidados físicos o manterão saudável e forte, e mais capaz de suportar a vida quando coisas difíceis acontecerem. O bem-estar psicológico ajuda a sustentá-lo, especialmente durante os desafios da vida, quando você é chamado a responder emocionalmente. Entender quem você é no seu núcleo, como você difere ou se é semelhante àqueles ao seu redor, e quais são as suas atitudes e crenças ajudará a mantê-lo no “caminho certo”, capaz de permanecer no seu caminho para realizar o que você deseja. Como acontece com as emoções, sua visão psicológica ajuda a mantê-lo estável em sua própria vida.

Cultive um sistema de crenças que lhe traz esperança e fé. A prática espiritual (isso pode ser religioso, mas não necessariamente) pode ajudar a sustentá-lo diariamente, especialmente em tempos difíceis e desafiadores e com pessoas difíceis e desafiadoras.

4. Crie um sistema de suporte saudável para realizar uma boa autoajuda emocional

São pessoas que te encorajam, mas também te alimentam. São pessoas que te conhecem, como quem você é, e estão dispostas a ajudá-lo a se tornar a sua melhor versão. Essas são as pessoas que você sempre pode recorrer apenas para ouvir e/ou fornecer conselhos, se necessário.

Não deve ser difícil identificar quem em sua vida te sobrecarrega, pesa, te preocupa, te deixa ansioso, e/ou faz com que você se envolva em situações e relacionamentos que não são do seu interesse e que o impedem de correr atrás  do que te faz feliz e te deixa alegre. Às vezes é difícil entender que um relacionamento ou situação está te envolvendo de forma negativa. Mas com o tempo e com interações repetitivas, você deve começar a ver o quadro geral. Mesmo que você tenha dificuldade em se afastar ou limitar um relacionamento ou situação que não seja bom para você, ter um sistema de suporte por trás de você é extremamente útil. O objetivo é, eventualmente, avançar em direção a relações mais satisfatórias, produtivas e carinhosas que apoiem o tipo de vida que você quer viver.

5. Crie uma "caixa de ferramentas" emocional ou psicológica

Sua “caixa de ferramentas” é um lugar onde você mantém suas habilidades de enfrentamento — ferramentas de gerenciamento de vida que você adquiriu ao longo do tempo, assim como as inúmeras experiências de vida. Essas ferramentas são estratégias que você desenvolveu e então usou efetivamente para lidar com desafios à sua vida e bem-estar.

Com o tempo, sua “caixa de ferramentas” pessoal deve vir a conter tudo o que você precisa. 

Em tempos desafiadores, no entanto, as pessoas podem sentir que precisam buscar ajuda para ganhar uma perspectiva mais ampla, e talvez adicionar mais estratégias a fim de lidar melhor com uma determinada situação. Qualquer coisa que te ajude a crescer emocionalmente e ficar mais fundamentado dentro de si mesmo é sempre uma adição bem-vinda à sua vida.

Se você gostou desse artigo, deixe um comentário abaixo!

Um forte abraço.

José Paulo!

*José Paulo Pereira Silva é Ceo do Grupo Ideal Trends, é casado, pai de três filhos e está nas mídias sociais como @josepaulogit, onde compartilha experiências de vida e modelos de gestão. José Paulo já treinou milhares de pessoas no Brasil e no mundo. Dá dicas sobre leituras, inspiração, negócios, estratégias, marketing, vendas e outros conteúdos relevantes para quem quer se tornar referência no mercado onde atua.

Deseja receber a MELHOR orientação Pessoal ou Profissional GRATUITAMENTE?

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Você gostou do artigo? Faça agora seu comentário e receba conteúdos valiosos todos os dias!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

José Paulo Pereira

José Paulo Pereira

José Paulo Pereira Silva, CEO do Grupo Ideal Trends, é um dos maiores empresários no ramo da tecnologia na América Latina. Empreendedor serial e mentor de negócios, José Paulo já formou mais de uma centena de líderes, deu oportunidade a mais de uma dezena de sócios e, por meio de seus direcionamentos, transforma diariamente pessoas simples e dedicadas em empresários de grandes resultados.
advanced divider
Quer transformar sua vida e
advanced divider
pt_BRPortuguese