POR QUE TER UM PLANO DE GERENCIAMENTO DE RISCO É IMPORTANTE PARA PEQUENAS EMPRESAS

Decidir começar seu próprio negócio não é algo para todos. Você já se perguntou por que isso acontece? E por que algumas pessoas preferem trabalhar para os outros em vez de para si mesmas? Um dos principais motivos é a segurança. Se o negócio para o qual você trabalha falir, a pior coisa que acontecerá é que você perderá o emprego e procurará um novo. Já se o negócio que você possui e dirige fracassar, você perderá um pouco mais.

Todas as empresas, grandes e pequenas, enfrentam uma alta variedade de riscos potenciais. No entanto, pode-se dizer que todo risco é amplificado para proprietários de pequenas empresas, simplesmente porque cada perda de dinheiro e armadilha financeira pode potencialmente incapacitar uma pequena empresa, o que não acontece com as grandes corporações. 

É por isso que montar um plano de gerenciamento de risco deve ser um dos primeiros passos que qualquer candidato a proprietário de uma pequena empresa dá em seu caminho empreendedor!

O que é gerenciamento de risco?

O gerenciamento de riscos é um processo que inclui identificar os riscos do seu negócio, avaliá-los e, em seguida, decidir como lidar com eles. 

Você sabia que 42% das startups falham porque não havia demanda de mercado para o que estavam tentando vender? Isso pode soar como um risco que deveria ter sido identificado nos estágios iniciais do negócio, mas você também ficaria surpreso com quantas empresas não realizam a pesquisa de mercado adequada e necessária para identificar tal risco. 

O processo de construção de um plano de gerenciamento de riscos deve resultar na criação de um projeto que sua empresa seja capaz de seguir para se expor ao mínimo risco possível. Isso permitirá que sua empresa estabeleça procedimentos que o ajudarão a evitar riscos ​​e minimizar o impacto daqueles que são inevitáveis. 

A gestão de riscos também é um processo cíclico que nunca termina. Os riscos precisam ser reavaliados continuamente à medida que seus negócios mudam e crescem. Vamos dar uma olhada mais aprofundada no processo de elaboração e implementação de um bom plano de gerenciamento de riscos.

Como montar um plano de gerenciamento de risco eficiente

Se você deseja resumir as etapas mais essenciais na hora de montar um plano de gerenciamento de risco sólido para sua pequena empresa, há três etapas principais que precisam ser executadas: identificação, avaliação e ação. 

  • Identificação 

Esta parte do processo pede aos proprietários de negócios que elaborem uma lista dos riscos potenciais que podem afetar seus negócios. Esses riscos podem estar relacionados às suas estratégias de negócios e quão eficazes são, riscos relacionados às operações do dia-a-dia de seus negócios, riscos regulatórios relacionados a leis e conformidade, riscos de reputação, riscos financeiros e muito mais. 

  • Avaliação 

Depois de identificar seus riscos, é hora de analisá-los. O que é mais importante levar em consideração durante esta fase do processo é a probabilidade de ocorrência desses riscos e a gravidade das consequências caso ocorram. Saber o possível impacto de seus riscos ajuda a tomar uma decisão sobre como mitigá-los. 

  • Ação

Esta é a fase do seu plano em que você determina quais ações precisam ser tomadas em relação a cada risco que você identificou. 

A gestão de riscos é um processo contínuo e, conforme mencionado anteriormente, esse processo nunca termina enquanto seu negócio estiver funcionando. Seu plano de gerenciamento de risco e a forma como você o está implementando precisam ser continuamente monitorados e ajustados ao longo do tempo para garantir que você esteja sempre protegendo seu negócio da maneira mais completa possível.

Os benefícios de uma gestão de risco adequada

O benefício mais óbvio de montar um bom plano de gerenciamento de riscos é que ele ajuda a evitar impactos negativos em seus negócios. No entanto, outra coisa excelente sobre o gerenciamento de risco adequado é que ele pode resultar em efeitos positivos também em outros aspectos do seu negócio, por exemplo: 

  • Melhoria no faturamento 

Quando sua empresa tem um plano de gerenciamento de risco sólido e o executa bem, você pode evitar algumas armadilhas que poderiam ter prejudicado os resultados financeiros de sua empresa se os riscos não tivessem sido identificados, evitados ou mitigados. Além disso, os bancos e outras instituições financeiras são muito mais propensos e dispostos a oferecer empréstimos para empresas que estão gerenciando e transferindo adequadamente seu risco. 

  • Uma marca mais forte 

Uma empresa que gerencia seus riscos de maneira adequada geralmente é bem-sucedida, estável e próspera. Quando uma pequena empresa é proativa no gerenciamento de seus riscos, ela está enviando uma mensagem clara aos funcionários, parceiros e clientes de que estão lidando com profissionais que levam a sério seu sucesso e reputação. 

  • Maior eficiência 

O processo de avaliação de riscos também pode revelar áreas de seus negócios que estão sendo administradas de maneira ineficiente. Isso permite que você corrija problemas que possam estar causando uma diminuição na qualidade do produto ou serviço que você oferece. As práticas de identificação de riscos muitas vezes também podem revelar processos financeiros ineficientes e áreas onde você pode estar perdendo dinheiro desnecessariamente.

Considerações

Um plano de gerenciamento de risco é vital para o sucesso do seu negócio!

A execução de análises de risco e a elaboração de um plano de gerenciamento para sua pequena empresa ajudam você a aprender mais sobre ela e também a conhecer a si mesmo, seus parceiros de negócios e seus clientes ainda melhor.

Esses benefícios agregados apenas ampliam a importância de criar um plano para gerenciar os muitos riscos que podem afetar seu negócio e, o mais importante, colocar esse plano em ação e mantê-lo atualizado conforme seu negócio cresce e evolui ao longo dos anos.

Se você gostou desse artigo, deixe um comentário abaixo!

Um forte abraço.

José Paulo!

*José Paulo Pereira Silva é Ceo do Grupo Ideal Trends, é casado, pai de três filhos e está nas mídias sociais como @josepaulogit, onde compartilha experiências de vida e modelos de gestão. José Paulo já treinou milhares de pessoas no Brasil e no mundo. Dá dicas sobre leituras, inspiração, negócios, estratégias, marketing, vendas e outros conteúdos relevantes para quem quer se tornar referência no mercado onde atua.

Deseja receber a MELHOR orientação Pessoal ou Profissional GRATUITAMENTE?

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

José Paulo Pereira

José Paulo Pereira

José Paulo Pereira Silva, CEO do Grupo Ideal Trends, é um dos maiores empresários no ramo da tecnologia na América Latina. Empreendedor serial e mentor de negócios, José Paulo já formou mais de uma centena de líderes, deu oportunidade a mais de uma dezena de sócios e, por meio de seus direcionamentos, transforma diariamente pessoas simples e dedicadas em empresários de grandes resultados.
advanced divider
Quer transformar sua vida e negócio?

    advanced divider